Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei


Últimas postagens:

11-mar-2011

Terremoto no Japão 1

Falei agora ao telefone com Sensei, que está fora de São Paulo nesta sexta-feira, porém acompanhando os acontecimento do terremoto e tsunami que ocorreram hoje no Japão e passou a mim, Wenzel, as informações abaixo.

"Estou entrando em contato com os mestres.
No Japão estão todos na expectativa. Mais dois ou três terremotos tão grandes ou maiores que o anterior estão sendo anunciados para qualquer momento.

As pessoas em Tóquio não podem voltar para casa, todos esperando, dormindo no carro. Todos em atenção para o que pode vir. Imaginar que o frio que está fazendo lá deve estar tornando a situação ainda mais difícil.

Nesta hora só resta orar pelo povo japonês e esperar pelo pior.

Todos na expectativa do que pode estar vindo agora, daqui a alguns minutos ou horas.


A preocupação maior é com o reator da usina que foi atingida pelo terremoto e está com risco de vazamento nuclear.
É possível que uma cidade inteira possa ter sido afundada abaixo do nivel do mar.

Peço a oração de todos os guerreiros do Niten para o povo japonês neste momento difícil."
























































10-mar-2011

1° Encontro Coordenadores - Vitória 2

Um momento que me marcou com o Sensei: as orientações precisas e ditas no momento adequado. Era preciso ouvir e compreender.
Samuel - Unidade Vitória


Sensei entre capixabas e baianos


Trilha do Sol


"Era preciso ouvir...


e compreender"


"Ver o Sensei com uma energia e alegria contagiante, sorrindo, "surfando", entrando no mar por uma tarde inteira, como uma criança que não quer sair de uma aventura que ela mesmo cria, me marcou bastante. Mesmo cansado, peguei a prancha, caí na água também e me deixei ser levado por aquela energia em forma de ondas. Olhando para mim, o Sensei disse: "Ricardo, você ia perder isso?"
Ricardo - Unidade Brasilia


Só quem...


estava lá...


vai entender


Um momento marcante foi quando enquanto lutávamos, Sensei e eu, pude ver materializada na fisionomia alegre e sorrindente do Sensei o que realmente é ser um Samurai, ou seja, foi possível perceber que quando encontramos nosso caminho sorrimos até na guerra; pois mesmo em terrenos perigosos e desconhecidos se estamos em paz com nossas escolhas estaremos felizes.
Pablo - Unidade Rio de Janeiro


Meu amigo capixaba


Sob o sol do meio-dia


Kenjutsu é combate!


Orientação para todos os monitores

07-mar-2011

Folia do Niten

É Carnaval, e aqui em São Paulo caímos na folia.
Todos com muita disposição e alegria.
A Espada que dá a Vida
Virou o "samba na avenida".


(clique para ampliar)
 

04-mar-2011

1° Encontro Coordenadores - Vitória 1

"Este fim-de-semana (dias 17 a 20 de Fevereiro) Vitória foi "invadida" por um grupo de cerca de 30 pessoas oriundas dos mais diferentes cantos do país. Engenheiros, advogados, biólogos, professores, estudantes e outras tantas profissões, estas pessoas tem em comum o fato de serem parte do primeiro Encontro de Coordenadores e Monitores do Instituto Cultural Niten.

Praticantes de Kobudo (antigas modalidades de luta dos samurais, incluindo o Kenjutsu, a arte da espada), estes Samurais brasileiros vieram acompanhar seu mestre, o Sensei Jorge Kishikawa, em uma viagem de quatro dias para conviverem entre si e conhecer o litoral capixaba, e também treinar firme.

Juntos aos alunos da Unidade de Vitória do Niten, os coordenadores e monitores suaram bastante sob a orientação do Sensei Kishikawa, aperfeiçoando sua técnica e didática para depois repassar os ensinamentos em suas cidades.

Eles também puderam descobrir as delícias da famosa muqueca capixaba, e conhecer as belezas do litoral, com visitas a Jacaraípe e Guaraparí, onde aproveitaram para realizar um "batismo" subaquático, mergulhando para conhecer o coral das Ilhas Rasas. Tudo isso em companhia de seu mestre, que aproveitou todo o encontro para guiar e ensinar a seus discípulos os preceitos da filosofia Samurai."

Holschuh - unidade Campinas


Alegria geral
 

Pôr do sol em Jacareipe

Demorou, mas aconteceu.
Tomando as palavras emprestadas de Horácio: Carpe diem quam minimum credula postero.

 


Desembarcando do avião, sentimos o calor de 34°C


Após retirar as bagagens no aeroporto


Todos com fome depois das ondas


BANZAI!!!!


Stefam, Camila e Patricia


Caminhando em Maipe

03-mar-2011

Unid. V.Mariana: o Encontro de Tradições 3

 "Após um breve passeio de apresentação do Templo aos membros do Niten, deu-se o Narabê (ritual que marca o início do período de treinamentos), e muitos fiéis do Templo Nikkyoji empunharam as espadas e experimentaram um pouco das técnicas marciais dos antigos Samurais. Para ambas as Instituições, o número de pessoas treinando surpreendeu as expectativas, a quadra do Templo ficou repleta, e Kiais (gritos de combate) se ouviram pelas duas horas que se seguiram.
Havia um clima de aprendizado no ar: para os fiéis do templo, o elo entre a devoção e a cultura que modelou sua fé se fazia representar pelos Katas do Bushido; para os alunos do Niten, se notava a atenção interessada pelo budismo primordial, tradicionalíssimo no Japão desde os tempos remotos em que os Samurais governavam o arquipélago.
Durante aquelas horas na manhã de 5 de fevereiro, percebia-se, nas expressões dos presentes, que o tempo e o espaço foram esquecidos, Japão e Brasil não pareciam tão distantes, e séculos de história se tornaram presentes. A intensidade dos treinos foi admirável, e, ao final, todos se envolveram na limpeza e arrumação das dependências do Templo Nikkyoji."

Cristiano (Unidade Vila Mariana-templo Nikkyoji)




Katas dinâmicos do Dai Ichi Kihon pegando fogo


Kenjutsu combate, liberdade de movimentos


a sinceridade explanada nos Momentos de Ouro


Alguns alunos reinvidicam que a Unidade Vila Mariana Nikkyoji deveria se chamar Unidade Klabin Nikkyoji, pois dizem ser o metrô Klabin mais próximo que o de Vila Mariana.
Tanto faz, não precisam "se pegar".  As duas estações são bem próximas ao local.
O importante é que todos estão convidados a crescer nesta nossa nova jornada.
Venham!

02-mar-2011

Niten em Espírito Santo




Clique para ampliar

A partir de amanhã falarei sobre os bons momentos que passei no Espirito Santo há pouco mais de 1 semana.
Coincidentemente, naquela ocasião, fomos contactados pela imprensa local, gerando esta belíssima matéria.
Meus agradecimentos ao jornal Rede Gazeta e meus parabéns a todos os guerreiros Niten do Espirito Santo.
Como bem frisado na matéria, o Kenjutsu é uma atividade fisica das mais puxadas, exigindo muitíssimo do praticante o ingrediente mais importante para se vencer no combate - a percepção bem apurada. É uma das mais puxadas porque simula, em tempo real, o combate da mesma forma como era na época dos Samurais. Ou seja, sem nenhum momento para respirar. Sem nenhum segundo para descansar.
Percepção apurada quando se treina com as técnicas, posturas e estratégias mais variadas e complexas.
Elogios a parte, deixarei a partir de amanhã, Cafés que, a exemplo do que aconteceu com o menino Vitor Cruz, vão te deixar boquiaberto...

28-fev-2011

Kenjutsu - Uchikote

22-fev-2011

Unid. V.Mariana: o Encontro de Tradições 2


Deixo hoje aqui no Cafe, as palavras do arcebispo Correia sobre a alianca Niten-Nikkyoji durante a aula inaugural. (CS 16 fev U. V. Mariana: o Encontro de Tradições 1)
Tenho a certeza de que com esta nova era ,  auxiliando-se em mútua cooperação, Niten e Nikkyoji  ampliam seus horizontes e  se beneficiam ao levar a Espada e o Dharma ao maior número de todos os seres.
Somos Guerreiros que buscamos a iluminação pela Prática  e Harmonia.
Aliança que ,com a vontade no coração
e o corpo a disposição
caminhará a uma boa ação.

"Arigatougozaimassu.

Bem vindo a todos ao nosso Templo Nikkyoji do Budismo Primordial HBS. Hoje fizemos as preces para a prosperidade do ‘Nikkyoji Kobudo’, para que todos tenham saúde e proteção. Já há tempos tenho mantido contato com o  Kishikawa Sensei,  e pelo esforço dele como fiel e da compreensão da diretoria, o fato de começar a treinar em nosso Templo se concretizou. Entendo isso como uma bênção para todos nós. Poder treinar dentro de um Templo Budista é um privilégio e remonta a tempos remotos de quando era quase uma tradição treinar artes marciais nos templos budistas.

“Do” é caminho, é disciplina. O treinamento da prática da fé budista é chamado de “ButsuDo Shugyou”. Portanto, dentro do templo teremos grande responsabilidade dobrada, justamente também por se tratar de um Local Sagrado. Todos nós fiéis e agora alunos do Kobudo precisaremos ser exemplares no templo e fora dele, pois assim seremos vistos. Precisamos ser o espelho daquilo que fazemos.

Também temos várias atividades no Templo e para as quais abriremos a participação para todos do Nikkyoji Kobudo. Agradecerei profundamente sempre que puder contar com a colaboração de todos.

Muito obrigado ao Sensei Kishikawa, a todos os responsáveis e alunos.

Arigatougozaimashiita."


Arcebispo Correia.


Sensei e Arcebispo Correia




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h