Ir para o Conteúdo

Mural Niten Rio


DE MÃOS VAZIAS

por Kalawatis - RJ/Volta Redonda - 08-abr-2014


Na história da esgrima japonesa, pouquíssimos samurais são agraciados com o título de “Kensei”, em bom português, "Santo da Espada". Um deles é Musashi Sensei, o qual devotamos a aprender e praticar seus ensinamentos todos os dias de nossas vidas, do amanhecer ao anoitecer.
 
Mas existem outros. Dentre eles está Tsukahara Bokuden, também uma lenda entre os praticantes do Caminho. No seu currículo consta, dentre muitas atividades, duelos e afins, que dominou ainda jovem o Tenshin Shoden Katori Shintô-ryu, foi Intrutor Xogunal da Casa Ashikaga e o fundador do célebre estilo Kashima Shintô-ryu.
 
Pois bem, uma famosa anedota sintetiza a genialidade deste samurai. Conta ela que Tsukahara Bokuden estava numa barca cheia de passageiros atravessando o lago Biwa-ko quando foi interpelado por um viajante sem modos. Em tom presunçoso e mal educado, perguntou à Bokuden qual era seu estilo. A resposta veio acompanhanda de ironia:
 
- Meu estilo é o Mutekatsu-ryu.
- Ora, seu imbecil, se seu estilo é o “Estilo da Vitória com as Mãos Vazias”, porque carregas estas duas espadas na cintura?
- É, realmente parece tolice, mas elas servem para que meu espírito corte a arrogância.
 
Tremendamente irritado com o diálogo, aos berros o passageiro ordenou ao barqueiro que parasse na margem do lago para dar cabo de Bokuden. Este, pedindo desculpas aos demais passageiros pelo transtorno na viagem, o convenceu de que o duelo deveria ser realizado numa ilha próxima para evitar maiores problemas. Chegando lá, imediatamente o viajante pulou do barco com espada fora do saya* e o desafiou novamente com impropérios. E então Bokuden disse:
 
- Meu estilo necessita de muita concentração, por isso, acalma-te. Deixarei minhas espadas no barco e lutarei com teu remo barqueiro.
 
Em seguida, pegou o remo do barqueiro, o empunhou, e se dirigiu à borda da embarcação. Quando pensaram todos que pularia do barco para terra firme e iniciaria a contenda, ele rapidamente se pôs a afastar o barco da ilha com um forte empurrão e a remar.
 
- Seu covarde, voltes aqui! - disse o passageiro brigão de espada na mão.
 
Depois de se afastar à uma considerável distância, Bokuden sorriu e disse calmamente:
 
- Se quiseres venha nadando até o barco. Garanto que tirarei tua vida antes mesmo de pensar em subir! Tolo, agora entendes!? Esse é o modo de se vencer sem usar armas do estilo Mutekatsu-ryu. Se quiseres aprender algo que realmente preste é só me procurar. Passe bem por aí.

Desta história, fica a lição: vencer não é só uma questão de cortar, nocautear ou de recorrer a violência, na verdade, é sobre sair dominante e triunfante da situação o mais suave possível. Como diz Sensei: “Se alguém atacar, acalmar a raiva e envolver o adversário defendendo-se suavemente”. Seguindo sempre isso a vitória se torna certa no caminho do guerreiro!


*saya: bainha da espada samurai.


Cena do filme "Operação Dragão", com Bruce Lee. 1973.



Retornar para últimas postagens


    topo

    Instituto Niten Rio de Janeiro
    (021) 97194-8100
    riodejaneiro@niten.org.br