Ir para o Conteúdo

Mural Niten Rio


Combates do Happyokai

por NitenRio - RJ/Rio de Janeiro - 14-dez-2013



Demonstrações do KIR Jovem (infantil)
e combates do minitorneio do Happyokai NIten Rio 2013

Happyokai NitenRio 2013

por NitenRio - RJ/Rio de Janeiro - 14-dez-2013

Parentes e amigos no Dojo !
Festa de Final de Ano no DOJO.

Todos convidados a participar do treino, experimentar as modalidades
conhecer nosso treino.

Domo Arigato Gozaimashitá a todos pela participação em peso este ano !



(...)








Continua (post completo)

Volta Redonda no BonnenKai

por Kalawatis - RJ/Volta Redonda - 14-dez-2013


Os alunos da unidade de Volta Redonda compareceram ao treino de confraternização de final de ano na unidade Tijuca no Rio de Janeiro. Treino pesado para fechar o ano com chave de ouro!

Doações de Natal NitenRio 2013

por NitenRio - RJ/Rio de Janeiro - 14-dez-2013

Na festa de final de ano a unidade Rio de Janeiro do Instituto Niten arrecadou brinquedos para doação que foram passados à obra assistencial organizada pela PUC universidade católica na Rocinha.
Uma pequena contribuição ao sentimento de doação e dedicação do qual as instituições filantrópicas dependem todo o ano.



(...)
Praticando o Jihi e recebendo sorrisos

Continua (post completo)

Tags: Jihi, Social,

Oosouji

por Rafael - RJ/Volta Redonda - 13-dez-2013

A grande limpeza.

Final de ano, final de ciclo. Momento de reflexão e de tirar alguns dias para eliminar as impurezas, sujeira e bagunça acumulada durante todos esses 365 dias. Preparar a casa, armários e mente para receber as graças de um novo ano que está por vir.

E você, já começou o seu Oosouji?

Oosouji - Gravura de Kitagawa Utamaro

Estivemos Lá

por NitenRio - RJ/Rio de Janeiro - 11-dez-2013



Delegação do Rio de Janeiro e Sensei ao centro no Gashuku de Final de ano, dezembro 2013, São Paulo, Serra da Cantareira.

comentários   5 de 6

Pierobon, Flávio - Rio de JaneiroShitsurei Shimassu Mina-San,

Apesar de não ter sido meu primeiro Gashuku, foi meu primeiro Gashuku de final de ano e o considero um evento especial, pois pude aproveitar da companhia dos irmãos da espada imerso em uma energia de ambiente tão revigorant (Continua)

Uenojo Juliana - Rio de JaneiroHá um ano atrás - no primeiro final de semana de dezembro - estava no Templo assistindo ao treino, buscando ainda a coragem (ou o que quer que fosse necessário) para começar a treinar.
No dojo, o espaço que separa o banco de onde se assiste e a quadra on (Continua)

Alessandra - Rio de JaneiroOhayou Gozaimassu Yuroshiku Onegai shimassu


Agradeço a Deus por participar de mais um evento do Niten. Pela grande oportunidade de representarmos a Unidade Rio com toda energia e coragem, não somente nossa, mas de todos os guerreiros que treinaram (Continua)

Impieri Francesco - Rio de JaneiroPor si só participar de um Gashuku de final de ano na Serra já e gratificante, mas tem um maior significado feito logo após vencidos todos os desafios de um Shugyo. Com a adrenalina em alta e com o pensamento e o raciocínio rápido, ligado e acelerado. To (Continua)

Makoto - Nova Iguaçu Foi o meu primeiro Gashuku de final de ano..
Sempre ouvi falar muito bem e infelizmente em anos anteriores não pude ir...
Mas, este ano consegui...
E posso dizer que realmente foi ótimo!!
Treino, lazer e aprendizados...
Só mesmo no Niten...
Ano (Continua)

Mais comentários

Reflexão

por Breno - RJ/Niteroi - 10-dez-2013


Foram dois dias de muito aprendizado e vivência nesse Gashuku.

Na volta, não podemos deixar esse conhecimento se esvair,

Temos que refletir.


comentários   1 de 1

Rocha - NiteróiInteressante como o simples exercício de escrever o relato desses dois dias faz brotar sensações antes imperceptíveis, principalmente porque dois dias passam muito rápido! (Continua)

Apresentação no Animart

por NITEN - RJ/Nova Iguaçu - 07-dez-2013





Neste Sábado 7/dez
Apresentação do Niten em Belford Roxo no Animart




Tags: Apresentacao,

Ukô-Mukô

por Kalawatis - RJ/Volta Redonda - 05-dez-2013

Treino em Volta Redonda.
logo na primeira hora do treino a luz simplesmente acabou...chuva de verão !

Nada demais, afinal o importante é se adaptar à situação.

"A forma não pode ser rígida, devendo ser adaptada conforme a situação. Uma vez com a espada nas mãos, o único objetivo deve ser cortar o inimigo de qualquer maneira."

Ukô-Mukô, a forma da não forma, Livro dos Cinco Anéis, Musashi Sensei.

Nosso objetivo era conseguir fazer o treino até o final e em segurança.
Conseguimos.
Recorremos a uma iluminação improvisada!
Mais escuro do que o comum, mas suficiente para treinarmos a arte da guerra!

Afinal, "só a imobilidade é reprovável".


comentários   3 de 3

João Vicente Vieira Santos - Porto AlegreHai, doomo arigato gosaimashita, lembrei de um treino na unidade zona sul em que durante um temporal, ficamos as escuras
e com agua pelas canelas!! Não esquecerei esta noite jamais!!
sayonara arigato gosaimashita! (Continua)

Luiz Fernando - Coronel FabricianoAdaptar-se. Lembro-me de duas situações em tempos de chuva que a iluminação acabou. Lembrei de meu treinamento as cegas e fizemos um treino de percepção e depois aplicação nas técnicas. Foi muito bom e até hoje os alunos torcem pra luz acabar rsrsrs. Para (Continua)

Lucia Elisa Janchuk - Lomas de Zamorahay sensei asi es solola inmovilidad es reprobaable, siempre adelante aunque a veses es util parar y reflecionar ,donde estubo el eror ,para mejorar la proxima ,
arigato !!! (Continua)

Orei (大礼)

por Vaz - RJ/Botafogo - 02-dez-2013

Dezembro!
 
Natal, panetone, presentes, Réveillon.. muita festa! E todos nós já sabemos das circunstâncias da reta final do ano. Confraternização, a união do grupo, da família, dos amigos...
 
e agradecer!
 
Na cultura japonesa, nesta época a gratidão é expressada também pelo "Orei" .  (礼)  "Rei" é uma das virtudes do samurai, que expressa o sentimento de reverência, dever, respeito e agradecimento. O kanji "Dai" (大), que pode ser um termo de honra, significa "grande". O todo se traduz como um grande "obrigado", ou melhor, "muito obrigado por tudo".
 
Então o Orei é o gesto de agradecimento àquelas pessoas que nos ajudaram de alguma forma, com um presente, uma lembrança. E como não conseguimos nada sozinhos nesta vida, há sempre alguém que devemos lembrar.
 
Sabe aquele professor? Parentes? O colega do trabalho que nos cobriu aquele dia? O amigo? Ou o chefe que cuidou de nós?? 




Tags: ArteCultura,
Últimas postagens:


topo

Instituto Niten Rio de Janeiro
(021) 97194-8100
riodejaneiro@niten.org.br