Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa




Retornar para últimas postagens

    30-jun-2010

    Shin Hagakure 2 - Cunho espiritual

    Disse reclusão (Shin Hagakure 1 - Como a Katana - 29 de Junho).
    O Shin Hagakure , entre vários, trata de assuntos que fogem da vida mundana.
    Vida, Morte, Presente, Passado, Honra, Lealdade, Sabedoria e outros pertinentes à classe guerreira dos samurais e a todos
    aqueles que galgam e buscam o estagio que vai além do material.
    Assuntos que se escrevem com letras maiúsculas, mas que hoje em dia passam quase que desapercebidos pelos homens que
    buscam apenas o lucro imediato: o material.
    Por que o espiritual não se consegue de imediato.
    Por que o espiritual requer esforco. Paciência. Paz.
    E, em se tratando do Shin Hagakure , de cunho espiritual, a reclusão é a via para se chegar a algum entendimento tanto para
    se escrever como para se compreender.
     


    Caverna de Reigando, o local onde Miyamoto Musashi encontrou a sua paz
    para escrever o celebre Go Rin no Sho (Livro dos Cinco Aneis)

    Tags: Shn Hagakure,
    29-jun-2010

    Shin Hagakure 1 - Como a Katana

    Enquanto a Copa do Mundo acontece , o Shin * vai "caminhando" para a sua segunda edição.

    Mexi aqui mexi la , retoquei aqui retoquei la.
    Como o aço que dá a vida a espada japonesa e tem que ser batido varias vezes,
    o Shin Hagakure seguiu o mesmo processo.
    Precisa ter paciência e, ate certo ponto, manter-se recluso.
    Foi o que fiz.

    *Shin Hagakure:
    http://www.niten.org.br/artigossensei/shinhagakure.htm


     


    kanji= SHIN (NOVO)
    HAGAKURE

    28-jun-2010

    Convívio em Jundiai

    Daqui à pouco o Brasil joga com o Chile e vamos ver se resolve de vez a situação.

    Enquanto bebo o meu Café, recebo este e-mail do coordenador de Jundiaí, unidade que visitei há poucos dias.
     

    {"O' kobudô não é algo ensinado por escrito. Isso contrasta em muito com nossa tradição de ensino ocidental, onde para tudo temos livros. Por isso, no kobudô é tão importante a convivência com os mestres. É a única forma que temos de verdadeiramente aprender.
    Aqueles que estiveram em Jundiaí dia 18/06, quando o Sensei esteve em visita na unidade, sentiram na pele a importância da convivência com o mestre. Ensinamentos sublimados. Só quem lá esteve, entende.
    "(...) e os cavaleiros que permanecem agora no leito da Inglaterra irão se considerar como malditos por não estarem aqui, e sentirão sua nobreza diminuída quando escutarem falar daqueles que combateram conosco no dia de São Crispim." (A vida do rei Henrique V, ato IV, cena III - William Shakespeare)"}


    O convívio é importante e por isto tem que se escolher bem a quem seguir.
    Há mestres e mestres por tudo entre o Céu e a Terra.
    Esta vida é curta demais para se perder tempo.
    (as fotos foram tiradas pelo meu filho de 5 anos)



    23-jun-2010

    Gashuku em Belo Horizonte 3

    Uma vez de volta aos eixos( Gashuku em Belo Horizonte 2 - 22 de junho de 2010), temos que cuidar bem da carruagem .
    Manutenção.
    Cuidar bem dos cavalos tambem é essencial. Sempre alimentá-los bem, para que não fiquem cansados no meio do Caminho.
    Pois se acontecer de quebrar algum dos componentes ou dos cavalos se cansarem onde não devem cansar, o que já é um grande infortúnio, dar-se-á brecha a mais um: morrer em meio aos cactos do deserto.
    Isto vale não só para os que estão acostumados a paisagem campestre de Minas:
    -Se você preza a sua vida, cuide bem de seus cavalos e da sua carruagem.
    (e fique esperto com os salteadores)
     


    "A água direto da nascente é mais pura e hidrata mais. Treinar com o Sensei é essencial." - Bernardo



    "Em meio ao clima seco de BH. o Sensei nos trouxe um mar de tecnica."- Teixeira



    "Dia memoravel que pude vislumbrar tão nobre caminho." - Aguiar

    22-jun-2010

    Gashuku em Belo Horizonte 2

    Em Belo Horizonte como em qualquer outro lugar, existem alunos dedicados em percorrer o Caminho.
    O itinerário é longo e além de planejamento, temos que ter um pouco de sorte, pois do contrário, como em qualquer outro lugar, infortúnios podem acontecer.
    Foi o caso dos mineiros.
    O encontro com salteadores na estrada atrasou o itinerário.
    Mas, para minha surpresa e alegria de todos, pude constatar, neste Gashuku, que a carruagem já tomou o seu rumo como podemos constatar nas palavras abaixo:
     


    "Gostei muito de ter pariticipado de todas as modalidades no Gashuku. Fiquei muito contente e satisfeito com a regulamentaçao da situaçao no Niten BH."
    Tolentino



    "Convivendo com o Sensei aprendemos que, com um proposito firme, podemos superar praticamente qualquer adversidade (chaos)."
    Sartori

    21-jun-2010

    Gashuku em Belo Horizonte 1

    O Brasil fez 3 a 1.
    Infelizmente perdi no bolão. Tinha palpitado 3 a 0.
    Também foi contra a Coréia do Norte. Tinha palpitado 2 a 0.
    Longe de ver tudo como aconteceu ontém, fizemos o Gashuku.
    Com muita garra, vontade e determinação, a nossa seleção saiu vitoriosa.
    3 a 0.
    Um resultado sem intercorrências.
    E o nosso time avança...
     

    "Treino e jogo do Brasil. Não sabemos quando terminou.
    Não se ouviam torcidas e vuvuzelas em meio aos kiais"
    - Fonseca
    *kiai= grito




    "Horas de Ouro. Passar um dia treinando com o Sensei nos faz despertar para os Kudens*, e chegar na conclusão final. Precisamos treinar mais..." - Bolivar
    *kuden= segredos da arte


    14-jun-2010

    Kenjutsu - Haso Migi Do

    Tags: Luta, Golpe, Video,



    topo

    (+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
    (+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h