Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei




Retornar para últimas postagens

    22-set-2011

    Kenjutsu no Karate

    "No final do mês de julho, fui participar dos Jogos Regionais do Estado de São Paulo, na modalidade de Karatê,

    categoria absoluta, torneio este que me inscrevi em Fevereiro, sem dar muita certeza se iria ou não pariticpar devido às datas e também por não estar treinando com frequência, deixando em aberto minha participação na equipe, caso houvesse outro atleta em melhor forma, que ele representasse a Cidade de Jandira.

    Tudo correu bem, pude participar e fui o campeão da categoria, mas o que ache mais interessante foi a aplicação direta dos treinos de Kenjutsu. O que pude perceber durante as lutas é que minha visão de maae (distância) é diferente de forma que conseguia lutar um pouco mais de longe, usando a distância da espada e só no momento de golpear entrava na distância dos Braços, ou seja a impressão que eu tinha era que o oponente estava sempre no meu maae. Outro fator importante é na postura: quando os oponentes estavam em uma postura um pouco mais baixa e saltitando, eu me sentia mais confortável com uma postura mais em pé semelhante a do tchudan (espada com a ponta na garganta do oponente) e fazia as movimentações e troca de pernas.

    Mais um fator determinante nas vitórias é o kiai, que é muito treinado no Kenjutsu, como também o foco. Meu sentimento era de " eu vim para lutar de verdade (shinken) e não somente pontuar". Entrar com muito Kiai mesmo antes do golpe, coisa que observei não ser muito usado por outros atletas.

    Percebi nos momentos antes da competição como são importantes os Momentos de Ouro do Sensei, pois com o pensamento voltado para eles consegui entrar muito centrado no que tinha de fazer, desde a noite anterior. Muitos outros atletas pensavam no que comer, suplementar ou algo do gênero... Enquanto isso lembro-me que o meu pensamento era o seguinte: " coma para não ficar satisfeito", assim como o Sensei havia orientado em um dos Momentos de Ouro cujo o tema era " Comer pouco é marca da longa vida". Engraçado pensar nisso tudo hoje por que no dia eram as orientações que me vinham na cabeça.

    Com essa vitória tenho outro desafio pois me classifiquei para o Jogos Abertos do Interior, onde vou poder lutar com os campeões das outras cidades/regiões de São Paulo.

    Arigato Gozaimashitá Sensei, pelas diversas orientações que nos são passadas ao longo dos treinos."-

    Adeval (Unidade Guarulhos)

    "Um samurai no meio de karatecas"

    Adeval contou com duas armas complementares às suas técnicas do karate.
    A primeira foi o treinamento do kenjutsu ao longo dos anos. Utilizar as posições antigas (kamae) de combate aumenta a liberdade de criar e ampliar a sua gama de ataque e defesa. A propriocepção é mais estimulada.
    A segunda, a orientação dos pequenos detalhes que podem fazer a diferença: Momentos de Ouro. Quem está presente e souber ouvir, discernir, refletir e levar para uma outra esfera os Momentos, colherá os seus frutos, como Adeval colheu. Por isto, continuo a insistir que os alunos não percam os Momentos de Ouro. Um dia poderá ser a bússola que o salvará de um grande naufrágio. Nesses casos, vale mais que ouro.




    topo

    (+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
    (+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h