Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei


Últimas postagens:

13-fev-2015

Melhoria no fim da vida

Imagino que se você não é aluno nosso, pode ter ficado até pasmo quando escrevi que no Niten Ichi Ryu existem técnicas de bastão: o Boaibo Shiho Nanahon e o Tachiaibo Seiho Junihon.
No mínimo, estranho para quem não conhece a história até o fim do nosso mestre Miyamoto Musashi. O que se conhece é o ¨Musashi¨ de Yoshikawa Eiji ou de Koyama Katsukio de tempos de outrora. Nos dias atuais, temos Inoue Masahiko com o ¨Vagabond¨.
Musashi. Fonte de inspiração a todo aquele que sabe que a vida é uma guerra e que não resta nada a fazer a não ser lutar. Kotoshogiku, um lutador de sumô japonês é um exemplo do que estou falando. O seu discurso na cerimônia de sua graduação a Ozeki (um título que se equipara a algo como mestre no sumô), relatou que se inspirou nas palavras de nosso mestre Musashi sensei para chegar à sua conquista.
Exemplos de lutadores que se inspiram em Musashi sensei não faltam, tamanha a fama da eficácia do nosso mestre. E aproveitadores também não. Uma das diferenças entre o verdadeiro seguidor e o falso é que existem alguns que se intitulam de soke, mestre ou qualquer nome que seja para provar a sua legitimidade, mas que nunca pegaram em um bastão...
E então, como apareceu o bastão?
Musashi sensei , mesmo nos seus últimos anos de vida, não teve seu momento de paz (como todo guerreiro, acredito).
Foi desafiado por um homem habilidoso no bastão, Shioda Hamanosuke, para "demonstrar o seu conhecimento", ao que venceu com relativa facilidade. Shioda, ao reconhecer a superioridade de Musashi sensei, solicitou para ser seu discípulo.
Por outro lado, Musashi sensei, não se sabe  o porque (apesar de que eu faço ideia), achou interessante incorporar as técnicas do bastão no já renomado estilo, o Niten Ichi Ryu.
Desde então, os verdadeiros seguidores tem praticado com o bastão até os dias de hoje.
Espero que com isto, alunos e não alunos compreendam que este é o destino para quem busca chegar ao topo da montanha: que haverá desafios e melhorias a serem feitas até o último dia de sua vida.




Sensei e coordenador Wenzel Böhm sob os olhares do mestre Gosho Motoharu: Boaibo Seiho Nanahon

11-fev-2015

Niten Ichi Ryu, a bênção

Impressionou-me o fato da srª Izawa (CS - Japonesa Impressionada - 20jan/2015) ter se referido ao grupo Niten como "Niten Ichi Ryu no minasan", o que é mais do que correto.
Mais comumente conhecido como Nito Ryu (escola das duas espadas) no Japão e no exterior, o Niten Ichi Ryu, do nosso fundador Miyamoto Musashi é a denominação menos conhecida. O Heiho Niten Ichi Ryu contém não somente as técnicas de 2 espadas (Nito Tachi Seiho Gohon), mas também
- a da espada longa (Itto Tachi Seiho Junihon),
- espada curta (Kodachi Seiho Nanahon)
e, pasme,
- o Boaibo Seiho Nanahon (bastão x bastão)
- e Tachiaibo Junihon (bastão x espada).

São ao todo 44 katas nos quais estão contidos tanto os segredos das técnicas para se vencer 60 duelos(!), como também os ideais e a filosofia de vida que moldaram o nosso fundador, Miyamoto Musashi.
Praticá-los um a um é fazer mais que uma viagem ao túnel do tempo.
É você conhecer Miyamoto Musashi.
E, como eu já escrevi no Shin Hagakure: esta é uma grande bênção, pois o mundo carece de mestres.


30-jan-2015

Japonesa Impressionada

Remar contra a maré, como escrevi no Shin Hagakure, tem despertado curiosidade e em alguns casos, no ocidente, até incompreensão.
A reação, por outro lado, de quem tem o espírito nipônico é o que está escrito neste depoimento:


Sensei, segue mensagem da Sra. Iizawa Hiromi, que nos visitou no Dojo no inicio do mês. Ela é mãe de um intercambista japonês. No final do treino ela ficou muito feliz e impressionada com o Rei (disciplina) do grupo do Niten.
Ela fez uma cerimônia do chá e uma apresentação de teatro japonês.
Achei que o Sensei ficaria contente em ler a mensagem que ela nos deixou por escrito. Segue em japonês e na tradução do filho dela:

 

二天一流の皆様

こんにちは。

先日は、二天一流の道場に参加させていただき、ありがとうございました。
私は、初めて二天一流を見学しました。
そして、ブラジルで日本の武道を立派に継承していることに、大変感激しました。
皆さんは、日本人以上に礼儀正しく稽古していると思いました。
そして、私が茶道を披露した時にも、礼儀正しくお茶を飲んでくれました。
日本の伝統文化をよく理解してくれて、本当にうれしかったです。
日本に帰ったら、二天一流の皆さんのことを日本人に伝えます。
皆さんも是非いつか、日本に来てください。

本当にありがとうございました。


"Para os alunos do Instituto Niten:
Muito obrigada por permitirem que eu participasse de seu treinamento.
Esta foi a primeira vez em que presenciei o Niten Ichi Ryu e me impressionei como brasileiros herdaram o Budou japonês em sua forma correta.

Também me impressionei com a seriedade do seu treinamento, talvez até mais correto do que japoneses.
Quando servi chá, receberam com a postura bem cuidada e correta, fiquei muito feliz por vocês compreenderem bem a cultura japonesa.

Em meu retorno ao Japão, contarei a história de vocês para os japoneses.
Por favor, venham nos visitar algum dia, esperarei por vocês.
Muito obrigada a todos.
Iizawa Hiromi"






Respondendo à mensagem : Sim, estou muito contente.
Continuaremos a remar contra a maré, porque na direção que a multidão está caminhando, está complicado...

21-jan-2015

A vida por um fio

Verão. Praia. Mar.
Além de"pegar onda", uma pesca para complementar.
Foi num dia desses que em alto mar, peguei um barco e fui "iscar".
Vermelhos, badejos, chernes, garoupas, sororoca e para aqueles que entendem de pesca, até moreia. Todos eles têm sua peculiaridade e exigem então, estratégia apropriada.
Um no entanto, prendeu a minha atenção: o peixe-porco.
Popularmente chamado de ¨porquinho¨, é de uma espécie que "briga" depois de iscado: valente.
É cuidadoso ao "mordiscar" a presa e ao invés de atacar vorazmente fica meio que "mamando", e que por ter a sua boca pequenina, fica difícil de "iscar": cauteloso.
E, mais do que a sua mente possa imaginar, é um peixe que se você não puxar rápido depois de "iscado", ele corta o fio do anzol com os dentes, te deixando de mãos vazias: mais inteligente que você.
Pois bem, foi quando fisguei um desses que ao puxá-lo para o barco constatei um fato pitoresco: foi fisgado por uma fina e tênue membrana de seu lábio inferior com o anzol quase solto.
Foi por um fio.
Por um fio o peixe foi fisgado, por um fio muitos perdem a vida.
Se lembrarmos de quantas vezes passamos pela morte "por um fio", chegaremos à conclusão de que fomos abençoados e tivemos muita sorte.
Mas sentir que fomos abençoados ou que somos privilegiados por ter sorte é uma afronta à vida. É como deixar a sorte e a fortuna à mercê do vento e das marés, para acharmos que um dia atracaremos no paraiso.
É necessário algo mais: sabedoria.
Neste sentido, tenho a lhe confessar que sou duplamente sortudo: encontrei a espada.
Foi ela que me avisou de perigos, me afastou de tentações, me aconselhou sobre a melhor forma de "nadar" em mares perigosas.
2015. A guerra já começou.
O vento está forte e para aqueles que ainda não pegaram as suas espadas, o perigo já os ronda em mar profundo.
Não perca sua Vida por um fio.
Hajime!!!




"Pesca do dia: peixes-porco"

15-jan-2015

2015 - Vamos à Luta


09-dez-2014

Gashuku de Conceitos 6 - Momentos de Diamante

Momentos de Ouro ou Momentos de Diamante.
Se existe algo que tem o poder de mudar e de transformar as pessoas é o convívio.
Para o bem ou para o mal, para o pior ou para o melhor, tudo dependerá com quem tu pretendes andar daqui para a frente.
É por isto que cada minuto no Gashuku já é por si o Momento de Ouro. Ou de Diamante.
Se cheguei até aqui, foi porque nunca me distrai e muito menos perdi a atenção ao lado de mestres que tinham sabedoria além da técnica.
Um olhar, uma palavra, um gesto e até o silêncio. Tudo fui incorporando.
Enquanto todos buscavam os padrões ocidentais no Japão, eu estava lá, em direção oposta e é por isto que digo que no Niten temos uma dísciplina única e impar no mundo, a apelidamos de "katas do bushido" e que são explanados nestes Momentos.
As impressões de hoje são de um aluno nascido no Japão* e que confirma:



"Eu aproveitei ao Gashuku muito. Eu agradeço ao Sensei e aos Senpais por me dar uma oportunidade com grande valor.
Eu consegui aprender técnicas pelas guias (orientações) de Sensei e Senpais.
Além disso, eu consegui conversar com muitos Sempais.
Essa experiência foi grande alegria para mim.
Recentemente, a característica de japoneses se diversificou e mudou muito, mas basicamente tem o costume que dar valor a relação com outras.
A frases 一期一会 "Ichi go ichi e" (Um Encontro Uma Vida), 縁 "En" (elo do destino), ou 和 "wa" (união harmônica) mostram o conceito.
Infelizmente, o conceito estão diminuindo no Japão. É verdade que as vezes nós temos que lutar com outros que atacam famílias ou amigos. 
Mas eu senti por Gasshuku de novo que eu tenho que acreditar, agradecer, e ajudar os vizinhos porque eu não consigo viver ou crescer sozinho.

No Gasshuku, eu falei português muito, por isso que este tempo foi bom treinamento da língua para mim também!
O final do semana passada foi bem conteúdo. Muito obrigado!

Arigatougozaimashita"
- Kariya (Unidade Florianópolis)


*praticou 10 anos de Kendo-3º dan
**as palavras entre parêntesis foram por mim acrescentadas para melhor compreensão












09-dez-2014

Gashuku Resgate do Tempo 4 - Shindo Muso Ryu Jodo



"Estava eu há seis anos e meio aproximadamente, pensando em deixar a vida sedentária, algo dentro de mim me dizia que já havia passado o momento, como diz o ditado, praticamente já tinha perdido o bonde.
Procurei uma Arte Marcial, pois por algum motivo, me sentia vinculado às Artes Antigas Japonesas, foi coisa realmente do destino, pois procurei o Niten e através do Senpai Adeval, pudemos formar uma parceria que dura todos estes anos.
Se me perguntarem se me arrependo de alguma coisa na vida, a primeira resposta será: não ter conhecido e fazer parte do Niten há muito, muito, mas muito tempo atrás."  
- Osmar (Unidade Guarulhos)
























03-dez-2014

Gashuku Cirúrgico 2 - Kenjutsu Combate

"Quem está buscando o verdadeiro caminho, não passa inalterado ao ver uma demonstração de combate e técnicas pelo Sensei:
E mesmo o domingo sendo cheio de correções, detalhes e grandes aprendizados nos momentos de diamante, o que ainda ecoa na minha memória é o Sensei aplicando os katas(sequencias antigas) do Niten nas lutas : sassen(flecha), hasso(8 visoes), haritsuke (arrebatar)… enfim, o Sensei se movimentava de forma sublime e era preciso como um cirurgião, porém, cirurgiões não são precisos em cortes que duram menos de 1 segundo.
Então o Sensei se tornava algo muito maior: a energia do Sensei parecia englobar ou até mesmo circundar os adversários como uma força invisível que previne reações e que se impõe, como o cheiro de um incenso no zazen, que purifica o espaço e conduz a atmosfera.
O Sensei realmente construiu algo especial neste caminho de busca para se tornar imbatível. Algo que quem quer perseverar se identifica e quem quer reclamar irá desdenhar ou simplesmente ignorar. Ignorar pois não foi treinado para ver, ou não tem a coragem de admitir que terá de lutar para chegar próximo a isto! "
-  Ivan (Unidade Juiz de Fora) 






Cortes cirúrgicos




















Participantes do Kenjutsu




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h