Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei


Últimas postagens:

25-mar-2008

Soden Kinen*

Este envelope contém um furoshiki* e me foi presenteado pelo 12o sucessor do Niten Ichi Ryu, Yoshimoti Sensei, no ato de sua cerimônia de transmissão
A partir da direita lê-se:
Heiho Niten Ichi Ryu
Seito Dai 12 Dai
Soden Kinen
E, em baixo: Yoshimoti Kiyoshi

 
soden= transmissão de geração em geração
kinen= lembrança
furoshiki= tecido para embrulho, no caso, para kimono e hakama

24-mar-2008

Frigor Hans

A foto de hoje foi o treino na Unidade Frigor Hans, indústria conceituada no ramo de frios.
Cheguei lá para "matar os alunos", mas me surpreenderam. Estão de parabéns. E a Júlia (que está comigo na foto), ainda vai bater em muitos homens.
O pessoal de Campinas também, como sempre, esteve lá, abrilhantando os eventos . Arigato.
Quem ainda não provou os frios da Frigor Hans, não sabe o que está perdendo...

20-mar-2008

Eeeeta Ovo Bom!

A Páscoa está aí e os chocolates para serem devorados.
Não sou muito fã deles, mas tem um que acho especial e não resisto: o de nossa aluna, Arassiro. Todo ano ela surpreende com a sua técnica e arte de chocolatier.
Vale a pena conferir.
Boa Páscoa a todos.



Devorei já ontem mesmo!

19-mar-2008

Pós Gashuku 1 Segunda

Neste fim de semana tivemos o Gashuku em Ribeirão Preto.
Não leve ao pé da letra, mas foi o Gashuku mais puxado que tivemos até agora.
No entanto, esta foto mostra que no fim da guerra, o número de altas foi maior:

Gashuku

Gokurosama a todos que estiveram lá.

18-mar-2008

Polegar fraturado

A partir de hoje, gostaria de compartilhar algumas vezes, fotos para relembrar os bons momentos da nossa vida.
Comeco hoje com o shugyo da Lívia (BH).
Nesta época, estava com o meu polegar direito fraturado...

17-mar-2008

Equívoco sobre amigos

Por haverem equivocos em relacao ao Cafe do dia 12, acho importante me explicar hoje.
Pois bem, escrevi que

"Quando aguardava o meu vôo e almoçava em um dos restaurantes, ouvi vozes em português de dekasseguis que comentavam o que haviam comprado no Japão. Relógios, câmeras, som etc. E sempre da última geração.
Jovens que mal falavam o português, apesar de serem brasileiros, numa linguagem chula, sabiam com todos os detalhes, as funções deste ou aquele aparelho."


Friso que os jovens aos quais me refiro só se importavam com a parte estética do produto, e não com o mecanismo de seu funcionamento. Você mesmo deve se lembrar daqueles tipos que têm a cabeça oca, mas que estão por dentro de todas as novidades.
Celulares de última geração, roupas da última moda, carros, etc e um monte de etecetra que nada tem a acrescentar para o conhecimento como ser humano.
Oportuno relembrar o ditado:
Diga-me com quem tu andas que te direi quem és.
 

14-mar-2008

Soltar o cabo de Espada

Embora Musashi Sensei tenha denominado Amashi Uti no nosso kata, no Livro dos Cinco Anéis (Go Rin no Sho), temos na pág 130 (capítulo do Fogo) que se trata de "Soltar o Cabo da Espada", ou seja, "tsuka wo hanasu to iu koto".
Está escrito assim:
"Soltar o cabo da espada abrange idéias variadas. Pode tanto significar vencer sem portar a espada como ser derrotado mesmo tendo a espada nas mãos. Não há como descrever por escrito todos os aspectos que se desprendem desse conceito - a melhor maneira de compreende-lo é praticá-lo".
Praticá-lo.
Praticando o kata e experimentando no combate, quem sabe não chegaremos próximos a entender a técnica e espírito que estão nas entrelinhas de Musashi Sensei.
Vamos lá ! À prática!

Miyamoto Musashi

13-mar-2008

Amashi Uti

Em combate de kenjutsu, muitas vezes nos deparamos com situações imprevisíveis e uma delas é quando o oponente vem nos almejar no antebraço que segura o cabo da espada.
Nestes momentos, você tem a alternativa, além de claro, defender-se do golpe, soltar a mão para que a espada inimiga não o atinja. A isto, Musashi sensei denominou "tsuka wo hanasu to iu koto". Traduzindo: soltar o cabo da espada.
Está eternizado no kata Amashi Uti do estilo Niten Ichi Ryu em que um dos combatentes ataca e é surpreendido pelo outro, que simplesmente solta o cabo da espada e a seguir golpeia-o no contra-ataque. O treinamento correto deste kata proporciona ao praticante a vantagem de ser ousado, frio e desapegado a espada, e destarte, levá-lo a vitória no combate ### ( 13jun2007 - Kuden )
Vamos experimentar?

golpe de kenjutsu

12-mar-2008

A escolha de um amigo

Estava lendo um certo trecho no Bushido em que haviam as seguintes palavras;

"Um samurai que está a serviço de algum senhor terá certamente muitos companheiros, mas é importante que se aproxime e crie amizades apenas com aqueles que são valentes, sensatos, influentes e que cumprem com seus deveres. Mas como homens deste tipo são poucos, pode ser que encontre apenas um entre vários em que possa confiar totalmente em tempos de necessidade".

Talvez fique difícil explicar o porquê num Café, mas vou te ilustrar o que me aconteceu no aeroporto de Narita há alguns anos.
Quando aguardava o meu vôo e almoçava em um dos restaurantes, ouvi vozes em português de dekasseguis que comentavam o que haviam comprado no Japão. Relógios, câmeras, som etc. E sempre da última geração.
Jovens que mal falavam o português, apesar de serem brasileiros, numa linguagem chula, sabiam com todos os detalhes, as funções deste ou aquele aparelho.
Não aconselho a um samurai se aproximar deste tipo de elemento.

tomo = amigo
 

11-mar-2008

Mulheres em guerra!

Para fechar a importância da prática da espada entre as mulheres, coloco as palavras do Shin Hagakure, pág 84:

"A Mulher se beneficia mais com o Bushido e com a Espada, por treinar o controle da razão sobre a emoção.

Uma reportagem na TV mostrou que as mulheres tinham uma prevalência da emoção sobre a razão. Ou seja, que as mulheres agem mais com a voz do coração do que a da razão. No Caminho da Espada, elas treinam o controle da razão sobre a emoção. Dependendo das circunstâncias, como numa guerra, deve-se agir com a razão".


a Coordenadora do Niten em Piracicaba, Erika Maciel, destaque na capa caderno Movimento (jornal de piracicaba) com alunos da cidade.
 




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h